«“O isolamento para mim não é problema, porque isso é para mim o meu estado normal [risos]”, confessa Frederico Lourenço numa entrevista telefónica à Renascença. O escritor e ensaísta que tem vindo a traduzir a Bíblia a partir do grego tem usado as redes sociais para, em tempo de estado de emergência, dar aulas de latim pela internet. “A grande surpresa tem sido a adesão. A página tem neste momento 11 mil e 100 seguidores”.

Já lá vão mais de 10 dias desde que começou as aulas virtuais de latim. Frederico Lourenço não consegue deixar de fazer um paralelismo: “Na Universidade de Coimbra abrimos para o primeiro ano da Licenciatura em Estudos Clássicos, as vagas que o Governo nos permite, que são 20 lugares. Temos sempre 20 pessoas numa aula de latim. Agora estar a dar aulas de latim para milhares de pessoas é uma situação nova e extramente estimulante.”»