«A antologia Poesia Grega. De Hesíodo a Teócrito, com tradução, notas e comentários do investigador Frederico Lourenço, Prémio Pessoa em 2016, é publicada na sexta-feira, anunciou a editora Quetzal.

Esta obra, como esclarece Frederico Loureço no prefácio, é uma “reedição” do livro saído em 2006, pelas Edições Cotovia, mas em versão bilingue grego/português, e com maior número de poemas escolhidos.

Lourenço incluiu, “à guisa de prelúdio”, passagens de Hesíodo, poeta que se presume contemporâneo de Homero. De Teócrito, autor nascido em Siracusa, um dos mais célebres do período helenístico, a nova edição tem mais um “idílio” relativamente à de 2006. Foram ainda inseridos “fragmentos” de Calímaco, bibliotecário de Alexandria, poeta que morreu aos 70 anos, no Egipto, onde viveu as suas duas últimas décadas.»